Águas do Paraíba

Águas do Paraíba assumiu, em 14 de setembro de 1999, os serviços de água e esgoto do município de Campos dos Goytacazes, no estado do Rio de Janeiro.

Nessa época, o esgoto não era tratado e o sistema de abastecimento de água apresentava a vazão de 600 litros por segundo (l/s).

Resultados

A cobertura de esgoto tratado é de aproximadamente 80% e 99% da população têm acesso a água tratada.

Já foram construídas 16 estações de tratamento de água, que, somadas, tratam cerca de 85 milhões de litros por dia, além de seis unidades de tratamento de esgotos. A meta é universalizar o tratamento de esgotos nos próximos anos.

Águas do Paraíba é a primeira e única concessionária do estado do Rio de Janeiro a conquistar o Prêmio Nacional de Qualidade em Saneamento (PNQS-2010) da Associação Brasileira de Engenharia Ambiental e Saneamento (ABES); a Certificação de Qualidade ISO 9001 nos anos de 2001 e 2008. Em 2015, a concessionária foi considerada a quarta melhor cidade, entre as maiores do Estado do Rio de Janeiro. A empresa também conquistou, no mesmo ano, o primeiro lugar do Prêmio Sustentabilidade do Sindicato Nacional das Concessionarias Privadas dos Serviços Públicos de Água e Esgoto (SINDCON), na categoria Técnica, com o projeto “Programa Água Certa – Otimização do uso da água no sistema de abastecimento”, que é responsável pelo combate às perdas físicas e aparentes de água. Além disso, foi a vencedora do ranking setorial de “As Melhores do Middle Market”, da Revista Isto É Dinheiro.

Ao longo dos 16 anos de concessão, a empresa já investiu mais de R$ 250 milhões em saneamento e pretende investir mais de R$ 20 milhões em 2016. A meta é que, até 2018, Campos dos Goytacazes tenha a coleta e o tratamento de esgoto universalizado em sua área de contrato. Para isso, em janeiro de 2016, será iniciada a implantação da sétima estação de tratamento de esgoto (ETE) Esplanada, além de começar a duplicação das estações de Guarus, que hoje conta com a capacidade de 90 litros por segundo, e , também, da maior planta de tratamento de esgoto do município, a ETE Paraíba, passando para 400 litros de esgoto por segundo.