O Grupo Águas do Brasil atua no segmento industrial fornecendo soluções completas para o tratamento de água, efluentes, águas de reuso e resíduos industriais, através de unidades dedicadas instaladas no cliente ou em complexos de tratamento implantados em polos industriais.

Dentro de fábricas e unidades industriais, o Grupo desenvolve projetos na modalidade BOT (Build, Operate, Transfer), visando maior transferência dos riscos ambiental, de investimento, de engenharia e de operação e manutenção, permitindo ao cliente que foque em seu negócio sem se preocupar com o tratamento de água e de efluentes de sua unidade.  Neste modelo de negócio o cliente não investe recursos próprios e recebe, ao término do contrato, o ativo projetado, implantado e financiado pelo Grupo Águas do Brasil. Este modelo é aplicável tanto para novas unidades (greenfield), quanto para ampliações ou reformas de unidades existentes (brownfield).

Em regiões de grande concentração industrial, o Grupo Águas do Brasil atua através de complexos de tratamento, com foco no fornecimento de água industrial e no tratamento de efluentes industriais e de resíduos sólidos orgânicos.

Os efluentes industriais recebidos, através de rede dedicada ou caminhão, para tratamento nessas unidades são provenientes dos mais diversos setores industriais. Em geral, são efluentes de alta complexidade de tratamento, que podem conter óleos e graxas, metais pesados, alto teor de carga orgânica e outros contaminantes orgânicos e inorgânicos.  Nos complexos de tratamento esses efluentes recebem tratamento físico-químico e/ou biológico de acordo com suas necessidades específicas.

Os resíduos sólidos orgânicos, na sua maioria lodos oriundos de tratamento biológico e resíduos verdes, são transformados em adubo orgânico nos centros de compostagem de resíduos orgânicos do Grupo Águas do Brasil.

Todas as operações no segmento industrial são devidamente licenciadas e acompanhadas pelos órgãos ambientais municipais, estaduais e federais.  Os efluentes industriais e resíduos sólidos tratados recebem acompanhamento analítico antes, durante e após o tratamento com objetivo de garantir aderência aos padrões de tratabilidade e lançamento requisitado pela legislação e pelos contratos com os clientes.