Código de conduta

Os recursos mais valiosos do Grupo Águas do Brasil são seus colaboradores. Assim, o relacionamento do Grupo Águas do Brasil com seus profissionais pauta-se pelo respeito e cumprimento da legislação, dos contratos e acordos coletivos do trabalho.

O Grupo Águas do Brasil se compromete a assegurar oportunidades de crescimento profissional aos seus colaboradores, baseadas em critérios objetivos e no desempenho profissional de cada um. Assim, não serão tomadas decisões baseadas na etnia, origem, nacionalidade, sexo, orientação sexual, crença religiosa, condição de sindicalização, convicção política ou ideológica, classe social, condição de portador de necessidades especiais, estado civil ou idade. Também não serão tolerados quaisquer atos de discriminação no ambiente de trabalho com base nessas características.

Será garantida a liberdade de associação dos colaboradores do Grupo Águas do Brasil a quaisquer entidades de classe legitimamente constituídas, bem como é reconhecido o direito efetivo à negociação coletiva de trabalho.

Os colaboradores devem:

  • Exercer as atividades profissionais com competência e diligência, buscando o aprimoramento técnico e a atualização permanente, devendo estimular todos os envolvidos nas atividades da empresa a adotar tal conduta;
  • Adotar conduta profissional íntegra, agindo sempre com zelo, honradez e dignidade;
  • Ser estritamente profissional e imparcial no tratamento com as pessoas (clientes e colegas de trabalho);
  • Agir sempre de acordo com os princípios da lealdade, honestidade, competência, prudência e imparcialidade, para o seu desenvolvimento e desempenho profissional, bem como para o sucesso do Grupo;
  • Respeitar cada profissional, levando em conta as condições e preferências pessoais. As opiniões, sugestões ou reclamações devem ser ouvidas com atenção e seriedade;
  • Tratar com educação e dignidade todas as pessoas com as quais se relacionarem. A cortesia nos relacionamentos produz um ambiente de trabalho mais agradável;
  • Evitar e abster-se de praticar qualquer tipo de assédio, seja sexual, moral ou econômico, ou situações que configurem pressões, intimidações ou ameaças no relacionamento entre colaboradores, independentemente de seus cargos. Esses são comportamentos reprováveis que devem ser eliminados de nosso dia-a-dia; e
  • Observar a proibição de não abusar do consumo de álcool, uso ou porte de drogas, porte de armas e atividades especulativas, como apostas e jogos. Essas atitudes são contrárias à imagem digna de profissionais que somos.

Na realização de suas atividades e tarefas, os colaboradores devem:

  • Atuar de modo a assegurar a exatidão e a qualidade na realização do trabalho sob sua responsabilidade profissional;
  • Assumir claramente a responsabilidade pela execução do seu trabalho e pelos pareceres e opiniões profissionais de sua autoria;
  • Recusar, no exercício de suas atividades profissionais, qualquer tipo de ajuda financeira, gratificação, gorjeta, comissão, doação ou vantagem de qualquer espécie, para si ou para terceiros, que não estejam previstas e que tenham o objetivo de influenciar as atividades a serem desenvolvidas;
  • Comunicar imediatamente ao seu superior, caso venha a cometer um erro. É importante corrigir e tentar diminuir as consequências de uma ação errada e procurar aprender com ela.
  • Apresentar sugestões e críticas construtivas, com o intuito de aprimorar a qualidade dos produtos e dos serviços prestados pelo Grupo.