Nossa história

2017

A ativação do Poço P3P, no distrito de Potunduva, garantiu o abastecimento contínuo aos moradores. O distrito tinha disponíveis 2.280 litros por minuto e o P3P tem capacidade de produção de 1.680 litros de água por minuto, reforçando o abastecimento dos moradores do distrito.

Foi implantada uma estação elevatória de esgoto bruto no bairro Concha de Ouro, eliminando a caixa coletora  até então existente, tornando desnecessária a retirada e o transporte do esgoto, o que causava incômodo para a população.

Também foi feito um novo reservatório de água na Vila Ribeiro, com capacidade de 50 mil litros, aumentando a reservação para abastecer o bairro, que tinha uma única unidade para 25 mil litros, além de melhorar a distribuição.

Foi instalado um macromedidor para a saída do reservatório T2,  beneficiando os bairros  Jardim Santa Helena, Jardim Odete, Jardim Sanzovo, Chácara Flora, 1ª e 2ª Zona Industrial, Vila Nova Jaú, Vila Industrial, Jardim Concha de Ouro, Jardim Estádio, Jardim Maria Luiza I, Jardim Maria Luiza II, Jardim Maria Luiza III, Jardim Maria Luiza IV, Jardim Conde do Pinhal I e Jardim Maria Luiza IV.

Bairros Atendidos
Toda a cidade é abastecida por rede de água.

Foram implantadas seis novas adutoras: uma interligou os reservatórios R9/T9 e R13, beneficiando os bairros Jd. Parati e Itatiaia, e outra, no booster Paineiras, beneficiou os bairros Jd. Paineiras, Sempre Verde e BNH. A terceira, na avenida do Café, beneficiou os moradores da vila  Maria Cristina.

Uma nova adutora interligou os reservatórios R2/T2 ao RP8 e estações elevatórias, dando flexibilidade a esse sub-sistema e a quinta substituiu a antiga rede existente sob residências no Jd. Conde do Pinhal e Maria Luiza II e III. Também foi substituída adutora existente em Pouso Alegre, solucionando os constantes vazamentos nas redes e paralisações de abastecimento.

Novas estações elevatórias de água tratada foram implantadas, melhorando o abastecimento dos bairros Pedro Ometto e  Orlando Ometto.

Foram construídos 12 sistemas de tratamento individual de esgoto no bairro de Independência, garantindo a melhor solução para o seu destino final.

Foi instalado um macromedidor para a saída do reservatório T9,  beneficiando os bairros Jd. Ameriquinha, Jd. Pires de Campos, Conjunto Residencial Bernardi, Condomínio Jd. Alvorada, Vila dos Comerciários e Villagio di Roma.

Foi montado um espaço kids, para crianças, enquanto os pais são atendidos. 

Águas de Jahu assumiu os serviços na cidade de Jaú em abril de 2015. Para iniciar sua operação e atender com excelência os jauenses, foram montadas uma sede operacional, com almoxarifado, e uma loja de atendimento, no Centro, proporcionando mais conforto e facilitando o acesso dos clientes. Uma frota de veículos novos também foi adquirida. Foi instalado um call center, com ligação gratuita para os clientes, e teve início o atendimento itinerante em alguns locais.

O Centro de Controle Operacional foi instalado para controlar os sistemas de abastecimento de água em tempo real, com acionamento de válvulas liga e desliga em alguns sistemas de bombeamento, e visualização do nível dos reservatórios.

Foram instalados macromedidores  em todas as unidades de produção, para acompanhar o volume de água produzido, e controle de eventuais perdas na distribuição. Teve início um programa de combate a perdas, com pesquisa de vazamentos não-visíveis  (geofonamentos), instalação de válvulas de redução de pressão e setorização.

A concessionária solucionou a constante falta de água no bairro Maria Luiza IV, com a reforma e ativação do reservatório existente e implantando um sistema de bombeamento e uma nova adutora.