Nossa história

2017

Águas de Nova Friburgo inaugurou, em abril, a implantação de mais duas elevatórias e ampliou o volume de esgoto tratado na ETE Conselheiro Paulino. Com isso, totalizou 11 unidades implantadas para funcionamento da ETE. A previsão é de que, até o fim de 2018, as sete elevatórias que faltam serão concluídas. Em 29 de junho, foram inauguradas as obras de modernização da ETA Tapera, em São Pedro da Serra, beneficiando 2.272 moradores do local. Ainda em 2017, foi realizada a recuperação estrutural da barragem da ETA Rio Grande de Cima para melhorar a vazão da captação, principalmente no período de estiagem, e não comprometer o abastecimento do sistema.

Águas de Nova Friburgo inaugurou, no dia 27 de fevereiro, a modernização da ETA Santa Margarida, em Lumiar, beneficiando 3 mil habitantes do 7º Distrito. Também foi implantada a ponte de Travessia do Rio Bengalas, em Conselheiro Paulino, uma estrutura metálica de 28 metros de comprimento e sete Toneladas, cujo objetivo é atravessar a tubulação que conduzirá todo o esgoto sanitário da margem esquerda do rio à ETE Conselheiro Paulino.

No aniversário de 198 anos de Nova Friburgo, a concessionária instalou novo sistema de iluminação no chafariz da Praça da Matriz. Os distritos de Amparo e de Campo do Coelho passaram a receber a van do Atendimento Móvel.

A concessionária implantou 7,6km de extensão de rede para levar água tratada a mais de 200 imóveis no loteamento Fazenda da Laje. Outras obras foram a implantação de 2,6km de rede de extensão de água no bairro Vargem Grande, com 158 economias beneficiadas; 5,2km de rede de extensão na Adutora de Água Bruta Caledônia/Cascatinha, beneficiando 2.000 economias; interligação do Sistema Rio Grande de Cima, em Bela Vista, com 1,6km de rede de extensão e 700 economias beneficiadas.

No distrito de Conselheiro Paulino e no bairro Catarcione foram executadas 1,8km de redes coletoras de esgoto. Na ETE Olaria, foram executadas obras de modernização do sistema de aeração, decantador e desaguamento de lodo.

O bairro Morros dos Maias recebeu 2,2km de rede de água, 200 economias foram beneficiadas; 2.200 residências do condomínio de casas populares Terra Nova, em Conselheiro Paulino, foram beneficiadas com a implantação de 2,7km de rede de  água. Em outubro, a concessionária implantou rede de água para atender 120 residências do Loteamento Vale Radiante, no Rui Sanglard.

Em 4 de dezembro, foi inaugurada a  ETE Conselheiro Paulino, com capacidade de tratamento de 336 milhões de litros de esgoto por mês.  Com mais esta unidade, Nova Friburgo alcançou o índice de mais de 90% de tratamento do esgoto coletado. Ao lado da ETE foi implantado o Viveiro-Escola Águas de Nova Friburgo, uma estufa de mudas nativas da Mata Atlântica.

Neste ano, foram realizadas diversas melhorias, foram finalizadas as obras de implantação das estruturas de controle de vazão e pressão dos reservatórios de São Geraldo e Duas Pedras, além das interligações simultâneas das áreas abastecidas pelo antigo sistema do Rio Grande de Cima. No Bairro de São Geraldo foi implantado um reservatório de 1,5 milhão de litros. No Catarcione foram substituídos mais de 3,5 mil metros de rede coletora de esgoto, atendendo cerca de 800 casas.

A concessionária também implantou redes de água e esgoto e reservatório com capacidade para 80 mil litros para 330 moradias populares no Parque das Flores, em Conselheiro Paulino, que atenderam as vítimas da tragédia de 2011.

A concessionária lançou o projeto Atendimento Móvel, uma van personalizada para levar os serviços disponibilizados na loja aos bairros e distritos mais populosos – Olaria, Conselheiro Paulino e Lumiar.  A ETE Centro, terceira da cidade, foi  inaugurada em 13 de julho, no Vale do Sol,  Duas Pedras. A unidade trata 35% de todo o esgoto coletado no município. Juntas, as três ETEs implantadas na cidade passaram a tratar 65% do esgoto coletado no município, acima da média nacional, que está abaixo de 40%.

Em dezembro, foi criado o Plano e o Manual de Contingência para enfrentar as situações de risco durante as chuvas.

Quatrocentos colaboradores de todo o Grupo trabalharam dia e noite e restabeleceram, em 11 dias, o abastecimento interrompido pela catástrofe climática de 11 de janeiro, incluindo a ETA Rio Grande de Cima e as adutoras de abastecimento.

Em junho, foi lançado o evento esportivo “Corrida Águas de Nova Friburgo pelo Meio Ambiente”, projeto de conscientização em relação ao meio ambiente.

Em dezembro,  foi inaugurada a  ETE Campo do Coelho.  A unidade  trata até 38 milhões de litros de esgoto por mês e beneficia 2 mil friburguenses. O Centro de Controle de Operações foi totalmente automatizado.

A primeira Estação de Tratamento de Esgoto, ETE Olaria, foi inaugurada, em 13 de junho de 2010, para tratamento de 30% do esgoto coletado na cidade. Ciente de sua responsabilidade com o desenvolvimento socioeconômico, cultural e ambiental do município, Águas de Nova Friburgo implantou o  “Amigos da Água”, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. O concurso cultural, em sua primeira edição, premiou as cinco melhores frases de alunos da rede municipal de Ensino sobre o tema “Os rios de Nova Friburgo”.

A concessionária Águas de Nova Friburgo iniciou, em 2009, as obras de coleta e tratamento do esgoto sanitário, assumindo o compromisso de transformar a cidade em referência nacional do saneamento básico. Foram implantados cerca de 10 km de redes de água e esgoto em todo o município, reformadas as Estações de Tratamento de Água (ETAS), além da modernização de elevatórias e a implantação do Centro de Controle Operacional (CCO), com telemedição à distância online. Os clientes ganharam também uma nova central de atendimento na Rua Moisés Amélio, no Centro da cidade.