Estação de tratamento de esgoto

O sistema de coleta e tratamento de esgoto de Niterói é composto por 8 estações, atingindo a importante marca de 90% do efluente coletado e tratado no município.

Conheça as unidades:

  • Localização: Barreto
  • Capacidade Máxima de Tratamento: 85 l/s
  • Bairros Atendidos: Barreto e Engenhoca
  • Tipo de Tratamento: Nível secundário, com remoção de 90% de carga orgânica
  • Localização: Camboinhas
  • Capacidade Máxima de Tratamento: 116 l/s
  • Bairros Atendidos: Piratininga, Camboinhas, Jacaré, Cafubá e Jardim Imbuí
  • Tipo de Tratamento: Nível terciário. Além da remoção de 90% da carga orgânica, essa unidade tem capacidade de retirar os compostos a base de nitrogênio e fósforo
  • Localização: Icaraí
  • Capacidade Máxima de Tratamento: 1.350 l/s
  • Bairros Atendidos: Boa Viagem, Charitas, Cubango, Icaraí, Ingá, Santa Rosa, São Francisco e Vital Brazil
  • Tipo de Tratamento: Primário quimicamente assistido. A estação lança o efluente tratado no emissário submarino de Icaraí
  • Localização: Itaipu
  • Capacidade Máxima de Tratamento: 294 l/s
  • Bairros Atendidos: Itaipu, Itacoatiara e Engenho do Mato
  • Tipo de Tratamento: Nível terciário. Além da remoção de 90% da carga orgânica, essa unidade tem capacidade de retirar os compostos a base de nitrogênio e fósforo
  • Localização: Jurujuba
  • Capacidade máxima de tratamento: 30 l/s
  • Bairros atendidos: Jurujuba
  • Tipo de tratamento: Nível secundário, com remoção de 90% da carga orgânica
  • Localização: Ilha de Mocanguê
  • Capacidade máxima de tratamento: 30 litros por segundo
  • Bairros atendidos: Base naval do Mocanguê
  • Tipo de tratamento: Nível secundário, com remoção de 90% da carga orgânica
  • Localização: Centro
  • Capacidade máxima de tratamento: 525 litros de esgoto por segundo
  • Bairros atendidos: Centro de Niterói, Ponta D’Areia e parte do Fonseca
  • Tipo de tratamento: Nível secundário, com remoção de 90% da carga orgânica
  • Localização: Maria Paula
  • Capacidade máxima de tratamento:63 litros de esgoto por segundo por módulo (três módulos)
  • Bairros atendidos: Maria Paula, Matapaca, Vila Progresso e Muriqui
  • Tipo de tratamento: Nível secundário, com remoção de 90% da carga orgânicado estado do Rio de Janeiro.

Nesta época, apenas 0,7% da população tinha esgoto tratado e o sistema de abastecimento de água apresentava vazão de 600 litros por segundo (l/s).