Águas de Niterói apoia o programa ‘Ligado na Rede’

 

A concessionária Águas de Niterói, em apoio à Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS), realizou, no dia 22 de março, Dia Mundial da Água, mais uma ação de fiscalização do programa Ligado na Rede. O objetivo da iniciativa é identificar, conscientizar, notificar e, em último caso, autuar imóveis que não estejam ligados à rede de esgoto do município de Niterói. As equipes vistoriaram residências do bairro de Piratininga, na Região Oceânica da cidade. Desde 19 de janeiro, já foram realizadas 422 vistorias em imóveis da bacia do Santo Antônio. Destes, 173 estavam regularmente ligados à rede e 38 residências estavam em situação irregular e foram notificadas a fazerem a ligação no prazo de 60 dias. Nos demais imóveis, a equipe não encontrou os moradores em casa e retornará para vistoria.

 

A meta da Prefeitura de Niterói, em 2021, é que o programa Ligado na Rede priorize a fiscalização nas principais bacias que despejam efluentes tratados nas lagoas do município. Quando o trabalho for concluído na bacia do Santo Antônio, a iniciativa será realizada no Cafubá e seguirá até completar todas as bacias que são interligadas ao sistema lagunar da Região Oceânica.

 

 

“É importante reforçar que a meta da secretaria é exatamente a continuidade regular do projeto. Ou seja, manutenção semanal das vistorias, contando com o apoio da Águas de Niterói, em função da importância de garantir a ligação dos imóveis à rede de esgoto para a proteção das lagoas de Niterói”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade, Rafael Robertson.

 

De 2016 a 2020, as fiscalizações aconteciam no âmbito o programa estadual Se Liga, que contava também com a participação do Instituto Estadual do Ambiente (INEA). A partir deste ano, o programa passou a ser desenvolvido semanalmente pela gestão municipal de Niterói, com o nome de Ligado na Rede, em parceria com a Águas de Niterói.

 

“Apesar de toda a Região Oceânica ser contemplada com rede coletora de esgoto, ainda existem ligações irregulares no sistema de águas pluviais, poluindo lagoas, mares e rios. Por isso, acredito que a parceria entre a SMARHS e a Águas de Niterói no projeto ‘Ligado na Rede’ é fundamental para o processo de fiscalização e de conscientização da população, promovendo, consequentemente, a recuperação dos sistemas lagunares”, afirma o superintendente da concessionária, Felipe Turon.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *