Águas de Niterói participa do Seminário ‘Águas para todos, sem exceções’ no Dia Mundial da Água

 

Águas de Niterói participou, no dia 22 de março, do Seminário “Águas para todos, sem exceções”, organizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade, no auditório da Prefeitura de Niterói. O evento, que ocorreu no dia Mundial da Água, teve como objetivo lembrar a importância da preservação dos mananciais do planeta e discutir as melhores formas de gestão e tratamento de chorume, segurança hídrica, entre outros assuntos.

O subsecretário de Meio Ambiente de Niterói, Gabriel Melo Cunha, fez a abertura do evento falando sobre a importância do Dia Mundial da Água e ressaltou os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que são fundamentais para garantir a igualdade para todos.

Logo após, o gestor ambiental da Águas de Niterói, Halphy Rodrigues, contou um pouco sobre a trajetória da concessionária na cidade.

“O tema da ONU deste ano vem ao encontro do nosso compromisso com a cidade. Quando assumimos o serviço de saneamento, em 1999, a água só chegava a 72% da população. Em quatro anos de concessão, universalizamos o fornecimento de água no município, abastecendo mais 150 mil pessoas com a mesma quantidade de água. Esse resultado é fruto dos investimentos da empresa em Niterói, tendo como destaque o projeto de controle de perdas de água, índice que era de 40% no início da concessão e chegou a 16%, sendo considerado internacional”, afirmou Halphy.

O gestor ambiental ainda ressaltou os investimentos realizados em tecnologia, capacitação técnica, coleta e tratamento de esgoto, entre outros. Segundo Halphy, Niterói possui oito Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs), que, hoje, elevam para 94,8% o tratamento de esgoto na cidade.

“Destaco também as obras de duplicação da capacidade da ETE Camboinhas, a construção da ETE Sapê, ambas com previsão de inauguração no segundo semestre de 2019, fazendo com que o município caminhe rumo à universalização do saneamento”, concluiu Halphy.

Durante o dia, os participantes também puderam conhecer as empresas e instituições que trabalham em prol do meio ambiente, discutir sobre o projeto de segurança hídrica na região leste da Bacia da Guanabara, aprender sobre questões climáticas e ambientais e debater as estratégias de implementação dos ODS.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *