Águas do Paraíba anuncia investimentos de R$ 70 milhões em 2019 no município de Campos

Águas do Paraíba anuncia R$ 70 milhões de investimentos em 2019 no município de Campos dos Goytacazes. Nesse período, a concessionária implantará mais uma estação de tratamento de esgoto (ETE Lagoa do Vigário), concluirá da implantação de redes coletoras de esgoto em nove bairros da cidade, a maioria em Guarus, e fará obras em 35 novos sistemas de água do interior, beneficiando um total de 54 localidades.

Segundo o superintendente de Águas do Paraíba, o engenheiro Juscélio Azevedo, em 2019 a concessionária já investiu em Campos dos Goytacazes quase R$ 500 milhões em obras de água e esgoto. Esse é o maior investimento em saneamento feito no interior do Estado do Rio pela concessionária integrante do Grupo Águas do Brasil.

Saneamento recorde no Rio de Janeiro

O superintendente assegura que esses investimentos garantem a Campos dos Goytacazes a destacada posição de terceiro melhor município em saneamento no Estado do Rio – de acordo com levantamento anual credibilizado, realizado pelo Instituto Trata Brasil, tendo como base o Sistema Nacional de Informações em Saneamento (SNIS). Campos também está entre as 34 melhores entre as grandes cidades do Brasil (mais de 100 mil habitantes).

Esse reconhecimento é resultado da gestão e operação de 15 estações de tratamento de água na cidade e sedes distritais; além de sistemas independentes em 52 localidades no interior; seis grandes reservatórios de água (Coroa, Penha, Codin, Ceasa, Travessão e Queimado), com capacidade de 2 milhões de litros de água cada um, e, ainda, sete estações de tratamento de esgoto em funcionamento e 200 estações elevatórias de esgoto.

Esses sistemas estão interligados a aproximadamente 1.200 quilômetros de adutoras e redes de água e cerca de 1.000 quilômetros de interceptores e redes coletoras de esgoto, que operam 24 horas por dia, nos sete dias da semana, através de CCO (Centro Controle Operacional de Água e Esgoto). Eles também representam o maior sistema de saneamento no interior do Estado do Rio.

Águas do Paraíba também é considerada modelo de concessionária privada no Brasil, conquistando o Prêmio Nacional de Qualidade em Saneamento (PNQS-2018), concedido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES). O primeiro reconhecimento foi feito em 2010, com a outorga do PNQS/ABES daquele ano.

Além do segundo Prêmio PNQS, a concessionária Águas do Paraíba vem obtendo continuamente o reconhecimento de seu sistema de gestão, com auditagem externa da Fundação Carlos Alberto Vanzolini (Universidade de Campinas), obtendo sucessivos Certificados de Qualidade, desde 2005, de acordo com as Norma Brasileira ISO 9001, abrangendo os serviços de captação, tratamento, distribuição e comercialização de água, além de coleta e tratamento de esgotamento sanitário.

Mais investimentos em 2019

Em 2019, a empresa vai inaugurar a oitava estação de tratamento de esgoto de Campos: ETE Lagoa do Vigário, que vai completar a universalização do saneamento na Grande Guarus, que já dispõe de outras duas estações em funcionamento: ETE Vicente Dias e ETE Codin.

Para atingir a universalização dos serviços de coleta e tratamento de esgoto, a concessionária está finalizando a implantação de redes coletoras no nos Parques Prazeres, Niterói, Zuza Mota, Presidente Vargas, Novo Mundo, Barão do Rio Branco, Custodopolis (todos na margem esquerda do rio Paraíba do Sul) e, ainda, no Parque Rodoviário (margem direita).

Outro investimento será feito na ativação de uma nova adutora de água, com 300 milímetros de diâmetro, que vai interligar a ETA Coroa ao Reservatório da CEASA, ampliando o abastecimento para a área norte do município, principalmente em Travessão e imediações.

“Com todos esses investimentos, não temos dúvida de que Campos conquistará posições ainda mais importantes e destacadas no cenário nacional de saneamento, como merece a população campista”, concluiu o superintendente de Águas do Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *