Nossa história

2016

Entraram em operação três novos reservatórios, Jardim Serrano, Vila Garcia e Jardim Tatiana, com a capacidade de reservação de cada uma destas regiões ampliada em 500 mil litros.

A concessionária substituiu o cloro gás, usado para desinfecção da água, por um sistema de cloração mais avançado e que oferece mais segurança para os colaboradores que manuseiam o produto e para a população que vive ao redor das estações de tratamento de água. Três das quatro estações já possuem o equipamento com a nova tecnologia, o gerador de cloro.

Para reforçar a coleta, afastamento e tratamento do esgoto da região central da cidade, Águas de Votorantim ativou o novo emissário de esgoto Rio Sorocaba, que trabalhando em paralelo com outro já existente, que estava se tornando insuficiente.

Um sistema de videomonitoramento e alarme foi implantado, para aumentar a segurança de todas as suas unidades administrativas e operacionais.

Também neste ano foi instalado um “espaço kids” para as crianças se divertirem enquanto os responsáveis estão sendo atendidos na loja comercial.

A concessionária substituiu o quadro de distribuição geral de energia da ETA Central por um painel moderno e que oferece maior segurança elétrica aos equipamentos da unidade. No sistema de tratamento do local, outras melhorias foram realizadas, como: a troca de todas as lamelas dos tanques de decantação, das bases de sustentação e os ajustes nos tanques de floculação. O objetivo destas obras é garantir a qualidade da água distribuída à população e, ao mesmo tempo, agilizar o processo de tratamento.

A concessionária também implantou o projeto de Pontos de Coleta da Qualidade (PCQs), que foram instalados em locais estratégicos de diversos bairros do município. A ação tem por objetivo facilitar a coleta de amostras feita por técnicos da concessionária para o monitoramento da qualidade da água distribuída na cidade.

No sistema de esgoto, ela concluiu as obras de implantação do coletor tronco Fornazari, beneficiando cerca de 6.500 pessoas que residem no bairro e adjacências. Com a conclusão desta obra, o percentual de esgoto tratado no município aumentou para 92%. Além disso, a empresa implantou próximo a unidade de ensino do Sesi, no Morumbi, um novo emissário, que vai reforçar o encaminhamento do esgoto coletado na cidade para o devido tratamento. A nova rede tem capacidade para receber 28 litros de esgoto por segundo.

Ainda estão sendo instalados macromedidores nas ETA´s e nas unidades de reservação, obras de melhorias que auxiliam no processo de medição da água distribuída para combater as perdas.

A concessionária realizou a interligação dos novos reservatórios metálicos na ETA Central, responsável por abastecer 70% do município. Com o aumento, a reservação da unidade passou de 2,8 milhões para 3,8 milhões de litros.

Também foram substituídos e instalados equipamentos no sistema de abastecimento da ETA Central, melhorias que contribuem para uma melhor distribuição de água na cidade. Além disso, a concessionária implantou uma malha de rede de distribuição de água tratada no Cubatão, beneficiando os moradores da região.

Na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Guimarães, foram instalados módulos lamelares em quatro tanques, que colaboram com a decantação da matéria orgânica presente no esgoto. Foram restauradas as malhas difusoras do sistema que faz a oxigenação do processo de tratamento, substituídos os tubos coletores do efluente tratado e instalado um filtro de carvão ativado.

A construção de dois filtros biológicos nas Estações Elevatórias de Esgoto (EEE) Ossel e 31 de Março, para minimizar o odor exalado pelas unidades, também foram iniciativas realizadas pela empresa.

A concessionária implantou um novo reservatório de água, de 500 metros cúbicos, no setor que abastece a região do Itapeva. A empresa também substituiu na elevatória da ETA Central dois conjuntos moto bombas, que ajudam a aumentar a vazão da água até o reservatório instalado no Bela Vista, que, por sua vez, recebeu um novo booster, equipamento que reforça o abastecimento da região, mantendo estável a pressão da água nas redes de distribuição que chegam até as casas.

Com o objetivo de obter resultados mais precisos nas análises que garantem a qualidade da água distribuída no município, foram construídos dois novos reservatórios metálicos na ETA Central e implantado um amplo e moderno laboratório na estação. Águas de Votorantim também reformou os prédios da cabine primária de energia e da captação da ETA

No sistema de esgoto, a empresa concluiu a instalação dos equipamentos aspersores de produtos químicos e da cobertura do processo de tratamento preliminar, melhorias que minimizaram em 90% o odor exalado pela Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Guimarães.

Também foram reformados alguns leitos de secagem da ETE Novo Mundo e substituído o painel de comando dos aeradores da estação. Além disso, a empresa implantou macro medidores nas captações de água bruta com o objetivo de controlar o volume produzido e de melhorar a análise das perdas.

O consórcio Águas de Votorantim, formado pelo Grupo Águas do Brasil e pela SGA Sistemas de Gestão Ambiental, assumiu, em 2012, os serviços de saneamento básico do município de Votorantim. A concessionária Águas de Votorantim, que iniciou as operações em 18 de junho de 2012, vai investir ao longo dos 30 anos de seu contrato de concessão um total de R$ 90 milhões na modernização dos serviços de água e de esgoto do município.

Para regular e fiscalizar a concessionária, foi instituída por lei municipal a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Município de Votorantim (AGERV).
Para início das operações, Águas de Votorantim investiu R$ 2 milhões na construção de uma moderna central de atendimento, uma nova sede operacional e aquisição de equipamentos de última geração.